Meta é chegar a R$ 260 milhões em todo o ano; modalidade que dispensa licitação tem facilitado e fortalecido o comércio da agricultura familiar

Órgãos públicos de todo o País adquiriram, no primeiro semestre deste ano, mais de R$ 58 milhões em produtos da agricultura familiar. O valor está próximo do que foi registrado em todo o ano de 2016, R$ 61 milhões.

Os produtos foram obtidos por meio da Compra Institucional do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), e por legislações estaduais.

Na Compra Institucional, em que é dispensada a licitação, os agricultores familiares conseguem praticar um comércio simplificado. Para os órgãos, é a oportunidade de receber produtos típicos da região, frescos e diversificados, colaborando com o desenvolvimento local.

“O resultado das compras institucionais simboliza o esforço do governo federal em fortalecer a agricultura familiar”, diz o secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS, Caio Rocha. Ele explicou, em reunião de avaliação nessa quinta-feira (27), que há uma mobilização para estimular os agricultores familiares e combater a pobreza.

A expectativa do governo é de que os órgãos da administração pública federal, dos Estados e dos municípios comprem o total de R$ 260 milhões da agricultura familiar em 2017.

Pela Internet

O MDS criou o portal Compras da Agricultura Familiar. Lá é possível acessar os editais de compra abertos no País, a lista de órgãos compradores e os agricultores e empreendimentos que comercializam produtos da agricultura familiar. Quase 300 produtores e associações já se cadastraram no site. Outros 1.360 estão sendo inseridos no sistema.

 Fonte:  Ministério do Desenvolvimento Social.