Com a contaminação do rio Iriri, indígenas receberão 90 mil kg de frutas, hortaliças, verduras e ovos da Conab

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) enviará alimentos para aldeias indígenas prejudicadas pela contaminação do Rio Iriri, em Mato Grosso. A partir desta semana serão entregues 90 mil kg de frutas, hortaliças, verduras e ovos. Os alimentos irão beneficiar 751 indígenas em situação grave de insegurança alimentar.

Os itens doados são adquiridos por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e a Fundação Nacional do Índio (Funai) irá colaborar na coordenação das entregas.

O pedido de atendimento emergencial de ajuda humanitária foi feito pelo Distrito Sanitário Especial Indígena Kaiapó de Mato Grosso. Os indígenas estão distribuídos nas aldeias Nansepotiti, Kresã, Sankarasã Sonkwe, da etnia Panará e nas aldeias Kororoty e Omeikrankun, da etnia Mekrangnotire, áreas afetadas diretamente pela mortandade dos peixes e contaminação das águas do Rio Iriri.

Rio Iriri

Desde o final de julho, a Funai e a Secretaria Especial da Saúde Indígena (Sesai) trabalham juntas para recuperar a qualidade das águas do rio Iriri, que fica entre os estados de Mato Grosso e Pará. Recentemente, milhares de peixes foram encontrados mortos por índios das etnias Panará e Menkragnoti.

A pedido da Funai, a Sesai já foi ao local para examinar o rio, e orientou que os indígenas não tomem banho e nem bebam das águas até que a causa do possível envenenamento e a qualidade para consumo sejam constatadas.

 Fonte: Funai