O governo federal vai destinar R$ 80 milhões do orçamento para subsidiar o seguro rural das culturas de inverno, especialmente milho e trigo.

Também serão destinados mais R$ 10 milhões para a subvenção da pecuária, olericultura, florestas e outras atividades no primeiro semestre do ano.

“Antecipamos o início da execução do Programa de Seguro Rural (PSR) para atender a uma reivindicação antiga do setor, que precisa se preparar para participar do programa, assim como as seguradoras, que necessitam de previsibilidade”, explica o diretor de Gestão de Riscos da Secretaria de Política Agrícola (SPA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Vitor Ozaki.

Segundo ele, há possibilidade de cobertura de cerca de 15 mil apólices com subvenção entre fevereiro e junho para as culturas de inverno e mais 2,5 mil apólices para demais culturas.

Durante encontro de trabalho do Comitê do Gestor Interministerial do Seguro Rural também foram aprovadas mais duas resoluções:

1) Resolução nº 53, que inclui representante do Estado do Rio Grande do Sul na composição da Comissão Consultiva do PSR, que já contava com São Paulo, Paraná, Minas Gerais e Santa Catarina.

2) Resolução nº 54, que dispõe sobre o período mínimo de antecedência para a entrada em vigor de novas regras no PSR, estabelecendo inclusive consulta prévia às comissões consultivas.

Fonte:  Ministério da Agricultura