O Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário deve adotar medidas para apoiar os jovens do Bolsa Família na superação da pobreza por meio do trabalho e do empreendedorismo.

O anúncio foi feito pelo ministro Osmar Terra durante a Campus Party, um dos maiores festivais de tecnologia, inovação, criatividade e ciências.

Durante encontro com o CEO global da Campus Party, Carlo Cozza, o ministro falou sobre o interesse da pasta em desenvolver parcerias para que os beneficiários dos programas sociais tenham acesso ao mercado de tecnologia da informação e a projetos inovadores. As parcerias propostas pelo ministro Osmar Terra integram a Estratégia Nacional de Inclusão Social e Produtiva, a ser lançada nos próximos meses pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA).

Para Osmar Terra, o estímulo à criatividade e ao empreendedorismo é o caminho para mudar a realidade de milhares de adolescentes que hoje não têm perspectivas de um futuro melhor. “Temos muitas possibilidades de incluir produtivamente a parcela mais pobre da população. Os jovens estão acostumados a lidar com tecnologia. Eles podem ser capacitados para em pouco tempo desenvolver habilidades e ser estimulados a montar startups e conseguir autonomia financeira”, explicou.

Terra também se reuniu com o presidente do Instituto Campus Party Brasil, Francesco Faruggia, que destacou a importância da atuação conjunta entre governo e sociedade civil. “Entre as características dos jovens geek está a de ser colaborativo. Temos uma rede social de 200 mil campuseiros no Brasil, 600 mil no mundo e queremos ter 10 milhões nos próximos três anos para usarmos eles como voluntários ou transmissores para o resto da sociedade que não tem oportunidade de entrar na revolução digital”, acrescentou.

Fonte:  MDSA