Ações da Codevasf em Pernambuco promovem abastecimento e desenvolvimento econômico para a região

Entre 2010 e 2017, mais de dois milhões de pessoas que vivem na região do Rio São Francisco, em Pernambuco, foram beneficiadas por programas de desenvolvimento social, econômico e ambiental, em 69 cidades do estado. A Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) investiu mais de R$ 1,6 bilhão em ações.

As intervenções no semiárido pretendem reforçar o abastecimento da população ribeirinha, e também promover a preservação da região nas proximidades do rio São Francisco, além da ampliação de projetos de irrigação.

A atuação da Codevasf impacta 28% da população de Pernambuco, espalhada em dois terços do território. Ao todo, em ações ambientais, foram investidos R$ 680 milhões, que foram destinados para a implantação de sistemas de tratamento de esgoto.

Já em ações de combate aos processos erosivos – o que inclui produção e plantio de mudas, construção de barragens subterrâneas, zoneamento agrotecnológico do Araripe e elaboração do plano de manejo florestal – foram aplicados R$ 25,8 milhões.

Para o tratamento de resíduos sólidos, com implantação e manutenção de aterro sanitário, os recursos aplicados foram da ordem de R$ 3,9 milhões.

As ações da Codevasf que garantem acesso à água à população do semiárido de Pernambuco totalizam mais de R$ 415 milhões. Além da implantação de sistemas de abastecimento, elas abrangem construção e recuperação de barragens, perfuração e instalação de poços, instalação de cisternas e escavação de aguadas.

Atividades produtivas como artesanato, apicultura, piscicultura, beneficiamento de leite e capacitação profissional em áreas como panificação e corte e costura também receberam incentivos para elevar a renda da população durante os períodos de estiagem. Entre 2007 e 2010 foram destinados R$ 27,2 milhões para oferecer alternativas de trabalho e renda a moradores de áreas rurais de 69 municípios.

Fonte: Codevasf